PUBLICIDADE
Topo

Salvini critica aliança de governo entre M5S e PD na Itália

28/08/2019 16h44

ROMA, 28 AGO (ANSA) - Após o anúncio de um acordo entre o Partido Democrático (PD) e o Movimento 5 Estrelas (M5S) para formar um novo governo na Itália, Matteo Salvini, da Liga Norte, atacou a aliança. "Não espero nada do PD, não busco coerência e dignidade onde prevalece a fome pelas cadeiras", disse Salvini que, com o novo acordo político, ficará de fora do governo. O expoente da Liga também ressaltou que o "M5S nasceu para fazer a revolução", "mas agora forma governo com os maiores defensores do sistema". "A verdade é que 60 milhões de italianos são reféns de 100 parlamentares que têm medo de perder as próprias poltronas", criticou. Salvini decretou, no início de agosto, o fim do governo com o Movimento 5 Estrelas, causando uma crise política na Itália. A esperança do político da Liga era antecipar eleições, cenário em que poderia ser o partido mais votado e formar seu próprio gabinete. "Posso escapar das eleições por um período curto de tempo, mas, cedo ou tarde, a palavra voltará aos italianos", ameaçou Salvini. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.