Topo

Brasileiro é preso por contagiar mulher com HIV na Itália

HIV - Getty Images/iStockphoto
HIV Imagem: Getty Images/iStockphoto

em Rimini (Itália)

14/11/2019 15h33

Um homem de 31 anos foi preso pela polícia da Itália em Rimini, na costa leste do país, por ter contagiado uma mulher com o vírus HIV.

Segundo as autoridades locais, o indivíduo tem "origem brasileira" e está em regime de detenção domiciliar, mas seu nome não foi divulgado.

Ele também é acusado de expor outras três mulheres ao HIV e responderá pelo crime de lesão grave. A prisão do suspeito ocorreu em 20 de outubro, após uma investigação iniciada em agosto, porém foi divulgada apenas nesta quinta-feira (14).

De acordo com a polícia de Rimini, o brasileiro testou positivo para HIV quando tinha 24 anos e suspendeu o tratamento em 2017, retomando-o apenas esporadicamente em 2018, até interrompe-lo de forma definitiva.

A denúncia partiu da mulher contagiada, que havia conhecido o suspeito pela internet. O inquérito identificou outras três potenciais vítimas: a namorada do brasileiro e duas mulheres que ele conhecera online.

As três confirmaram que tiveram relações sexuais com o homem sem saber de sua condição de soropositivo. Ao ser interrogado, o suspeito não quis responder às perguntas dos investigadores. A polícia apura agora se outras mulheres tiveram relações sexuais com o homem.

Internacional