PUBLICIDADE
Topo

Polícia italiana bane 75 torcedores organizados do Torino

11/12/2019 11h38

TURIM, 11 DEZ (ANSA) - A Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Turim, na Itália, baniu nesta quarta-feira (11) de todos os estádios de futebol do país dezenas de membros de uma torcida organizada do Torino.   


Os torcedores eram membros do Torino Hooligans, ativo na Curva Primavera, um dos setores do Estádio Olímpico Grande Torino, que é muito frequentado por famílias. A organizada ficava no setor Maratona, mas se mudaram por divergências com outros grupos de fãs do mesmo clube.   


No total, 75 membros do Torino Hooligans receberam a Daspo, punição que proíbe a entrada de torcedores violentos nos estádios italianos, com duração de 4 a 10 anos de suspensão.   


Além disso, mais de 500 multas foram impostas com um valor total de 85 mil euros.   


Os torcedores foram banidos dos estádios por violência privada agravada, tumultos e lesões cometidas contra operadores de serviço público. O grupo também é acusado de entoar coros discriminatórios, porte de armas e atirar sinalizadores no gramado.   


"Os estádios devem ser devolvidos aos esportistas e as famílias.   


Agora esperamos as reações dos ultras, mas continuaremos, não temos medo, não estamos intimidados. Precisamos trazer o jogo de volta", declarou o delegado da Polícia de Estado de Turim, Giuseppe De Matteis.   


As autoridades também decidiram retirara as licenças de três bares que o grupo costumava frequentar.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias