PUBLICIDADE
Topo

Projetos do Milan e da Inter descartam demolição do San Siro

21/01/2020 12h09

MILÃO, 21 JAN (ANSA) - O Milan e a Inter de Milão apresentaram nesta terça-feira (21) novos projetos para a construção da arena dos dois clubes e o futuro do San Siro. Os documentos enviados para os representantes da capital da Lombardia não preveem a demolição do histórico estádio italiano.   


De acordo com os documentos, o San Siro continuará de pé, mas não sediará mais partidas de futebol profissional. O plano das duas equipe é fazer com que o estádio receba somente atividades esportivas amadoras.   


Em nota, os dois clubes lombardos explicaram que a "refuncionalização do San Siro [será] destinada principalmente a funções esportivas básicas e de entretenimento para dar vida ao estádio durante os 365 dias do ano".   


"Os clubes continuarão aprofundando a análise técnica e econômica das hipóteses de projetos apresentadas, sempre de acordo com as diretrizes indicadas pelo município", concluiu o comunicado da Inter e do Milan.   


A ideia de manter o San Siro é defendida pelo prefeito de Milão, Giuseppe Sala, e grande parte dos representantes do conselho municipal da cidade.   


Após uma reunião no ano passado com dirigentes do Milan, o CEO da Internazionale, Alessandro Antonello, não descartou a hipótese de manter o Giuseppe Meazza. Já o presidente rossonero, Paolo Scaroni, afirmou que a ideia de ter dois estádios é "estúpida".(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias