PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Círculo de dutos de 4 mil anos é achado próximo a Stonehenge

A construção de Stonehenge começou provavelmente por volta do ano 3.000 a.C.  - Ahrys Art/Getty Images/iStockphoto
A construção de Stonehenge começou provavelmente por volta do ano 3.000 a.C. Imagem: Ahrys Art/Getty Images/iStockphoto

Em Roma (Itália)

22/06/2020 11h56

Cientistas britânicos anunciaram a descoberta de um novo círculo de dutos próximo ao famoso monumento de Stonehenge que pode ter sido construído entre 4 mil e 4,5 mil anos.

As pesquisas mostraram cerca de 20 poços regulares, que remontam ao período neolítico, em uma área de dois quilômetros. As estruturas têm cerca de 10 metros de diâmetro e cinco de largura e circulam o antigo assentamento de Durrington Walls. O anel está localizado a cerca de três quilômetros de Stonehenge e os especialistas acreditam que ali era o local de moradia daqueles que construíram um dos mais famosos monumentos do mundo.

Em entrevista à emissora BBC, o líder das buscas, Vince Gaffney, afirmou que essa é a maior estrutura pré-histórica já descoberta no Reino Unido e que "o tamanho dos dutos e do circuito é sem precedentes na história do país". Inicialmente, eles acreditavam que eram poços naturais, mas com os estudos geofísicos, ficou constatado que eram peças criadas pelo homem.

Já em entrevista ao The Guardian, Gaffney ainda afirmou que a descoberta mostra uma capacidade de contar dos primeiros humanos no Reino Unido, já que para fazer os buracos e os cálculos, era preciso ser "cuidadoso" e contando "centenas de passos". "Stonehenge tem uma ligação clara com a passagem do tempo, através do solstício de verão. Porém, os dutos não marcam a passagem do tempo, mas delimitam um círculo com significado cosmológico", acrescentou ao jornal.

Os estudos foram realizados por pesquisadores das Universidades de St. Andrews, Birmingham, Warwick, Glasgow e da Galles Trinity Saint David. Stonehenge é um dos monumentos mais visitados da Grã-Bretanha e recebe cerca de um milhão de visitantes todos os anos. O local é repleto de lendas, mas acredita-se que a obra tenha sido erguida com objetivos religiosos.

Internacional