PUBLICIDADE
Topo

De barco de migrantes a gol no San Siro, a história de Juwara

06/07/2020 14h34

AVIGLIANO, 06 JUL (ANSA) - O gambiano Musa Juwara, atacante do Bologna, foi um dos protagonistas da vitória sobre a Inter de Milão, no San Siro, no último domingo (5). O jovem jogador anotou o seu primeiro gol na Série A, quatro anos depois da sua perigosa travessia para conseguir chegar à Itália.   


Em 10 de junho de 2016, Juwara estava entre os 536 imigrantes resgatados pelo navio FGS Frankfurt. A operação aconteceu quando a embarcação cruzava o canal siciliano, após ter deixado a costa do norte da África. O jogador, então com 14 anos de idade, desembarcou no porto de Messina depois de ter enfrentado toda a jornada sozinho.   


Em solo italiano, Juwara foi enviado para um centro de recepção em Ruoti, na província de Potenza. No pequeno município, o gambiano foi visto jogando futebol e despertou o interesse do Virtus Avigliano, uma equipe amadora, que o contratou. Em apenas um torneio, o centroavante anotou 29 gols e ajudou o clube a conquistar o título de um campeonato regional.   


Durante sua passagem pela equipe, Juwara também foi adotado pelo técnico do Virtus Avigliano, Vitantonio Suma, e sua esposa, a advogada Loredana Bruno. Ambos foram reconhecidos como os guardiões legais do promissor atacante.   


O talento de Juwara não passou despercebido por diversos clubes locais e o gambiano foi contratado pelo Chievo Verona em janeiro de 2018, integrando as equipes de base do time gialloblù. Em sua primeira temporada, o jogador continuou com o seu faro de gols apurado e marcou oito tentos.   


Após ter passado um curto período emprestado ao Torino, Juwara voltou ao Chievo em 2019. Com a equipe já rebaixada, ele estreou na Série A em maio diante do Frosinone. O rebaixamento do time veronês foi visto como uma oportunidade pelo Bologna, que o comprou por 500 mil euros.   


Desde então, Juwara alcançou um objetivo atrás do outro. Ele estreou pela Copa da Itália em dezembro, fez seu primeiro jogo na Série A com o Bologna em fevereiro e anotou o seu primeiro gol na elite do futebol italiano em julho.   


"Um dia inesquecível. Quero agradecer ao treinador [Sinisa Mihajlovic] por acreditar em mim. Tenho apenas 18 anos e marquei no San Siro, vou me lembrar disso por toda a minha vida", escreveu Juwara em seu perfil no Instagram algumas horas após o jogo.   


O gol de Juwara aconteceu aos 25 minutos da etapa final e o atacante ainda foi o responsável pela expulsão de Alessandro Bastoni. O também centroavante gambiano Musa Barrow anotou o segundo tento rossoblù e decretou a vitória do Bologna.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.