PUBLICIDADE
Topo

Participante de Sanremo pega 18 meses de prisão na Itália

09/07/2020 14h32

ROMA, 09 JUL (ANSA) - O cantor Michele Bravi, que participou da edição de 2018 do Festival de Sanremo, foi condenado nesta quinta-feira (9) pelas autoridades italianas a 18 meses de prisão.   


O artista foi acusado pelo crime de homicídio por trânsito veicular, após ter se envolvido em um acidente em novembro de 2018 que matou uma mulher de 58 anos de idade.   


A decisão prevê a suspensão da pena e a não menção da sentença no registro criminal de Bravi.   


Além de ter participado do principal festival de música da Itália, Bravi , de 24 anos de idade, venceu a edição de 2013 do programa X Factor.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.