PUBLICIDADE
Topo

Irã condena 3 pessoas à morte por protestos em 2019

14/07/2020 11h07

TEERÃ, 14 JUL (ANSA) - A Suprema Corte do Irã confirmou nesta terça-feira (14) a condenação à morte de três manifestantes detidos durante os protestos contra a decisão do governo de cancelar subsídios ao preço da gasolina, realizados em novembro do ano passado.   

O porta-voz do judiciário de Teerã, Gholamhossein Esmaili, anunciou a decisão sem identificar os nomes dos condenados.   

No entanto, Esmaili confirmou que dois deles foram presos durante um assalto à mão armada.   

Os protestos, que deixaram dezenas de mortos, começaram em 15 de novembro, após o governo ter anunciado o fim dos subsídios ao preço da gasolina e um racionamento de combustível, com o objetivo de financiar programas sociais.   

As manifestações tiveram início no momento em que o governo já estava sob pressão por causa das dificuldades em impulsionar a economia iraniana, asfixiada pelas sanções unilaterais impostas pelos Estados Unidos.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.