PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro lamenta explosões em Beirute, no Líbano

05/08/2020 11h27

SÃO PAULO, 5 AGO (ANSA) - O presidente da República, Jair Bolsonaro, prestou solidariedade às famílias das vítimas e aos feridos nas explosões que aconteceram nesta terça-feira (4) na área portuária de Beirute, no Líbano.   


Em suas redes sociais, Bolsonaro lembrou que o Brasil "abriga a maior comunidade de libaneses do mundo" e afirmou que está "profundamente triste".   


"Profundamente triste com as cenas da explosão em Beirute. O Brasil abriga a maior comunidade de libaneses do mundo e, deste modo, sentimos essa tragédia como se fosse em nosso território.   


Manifesto minha solidariedade às famílias das vítimas fatais e aos feridos", escreveu o presidente.   


O presidente do Líbano, Michel Aoun, disse que a explosão foi causada por um incêndio em um depósito que armazenava 2.750 toneladas de nitrato de amônio, composto químico usado tanto em fertilizantes e inseticidas como em explosivos.   


A Cruz Vermelha do Líbano informou que "há mais de 100 mortos e quatro mil feridos". Há ainda 300 mil desabrigados em Beirute e os prejuízos financeiros serão de, no mínimo, US$ 3 bilhões.   


O Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou que "até o momento não há notícias de cidadãos brasileiros mortos ou gravemente feridos". (ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.