PUBLICIDADE
Topo

Itália ultrapassa a marca de 52 mil mortes por coronavírus

25/11/2020 15h03

ROMA, 25 NOV (ANSA) - A Itália registrou 722 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas na pandemia para 52.028, informou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira (25).   

O número foi menor do que o registrado na terça-feira (24), quando foram 853 vítimas, mas mantém a média de óbitos do período mais crítico da crise sanitária, entre março e maio. Nos últimos sete dias, a média é de 687 falecimentos por Covid-19 no país.   

A quantidade de novos contágios foi de 25.853 no período, elevando para 1.480.874 os casos contabilizados na Itália desde fevereiro. Com as medidas de restrição impostas desde o dia 3 de novembro, a média móvel de casos vem caindo gradativamente e voltou a fica abaixo dos 30 mil casos nos últimos sete dias (29.791), algo que não ocorria há 19 dias.   

Pela segunda vez em três dias, o número de casos ativos apresentou retração: são 6.689 pessoas a menos com a doença, levando o total de atuais positivos para 791.697. Destes 753.563 estão em isolamento domiciliar, 34.313 internados em unidades hospitalares diversas e 3.848 em unidades de terapia intensiva.   

Os números dos considerados curados da Covid-19 tiveram uma forte alta, com 31.819 pessoas. Ao todo, desde fevereiro, são 637.149 pessoas consideradas livres da doença. Os testes para a detecção do coronavírus Sars-CoV-2 tiveram uma alta na comparação com a terça-feira, tendo sido feitos 230.007.   

Destes, o índice de pessoas que testaram positivo ficou em 11,24%. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.