PUBLICIDADE
Topo

Xi Jinping parabeniza Biden por vitória em eleição

25/11/2020 12h46

PEQUIM, 25 NOV (ANSA) - O presidente da China, Xi Jinping, parabenizou Joe Biden nesta quarta-feira (25) por sua vitória nas eleições de 3 de novembro nos Estados Unidos.   

As congratulações do mandatário chegam 17 dias depois da confirmação do triunfo do democrata sobre o presidente Donald Trump, assegurado com a conquista da Pensilvânia, em 7 de novembro.   

No último dia 13, o Ministério das Relações Exteriores da China já havia parabenizado Biden e sua vice, Kamala Harris, mas Xi não tinha se pronunciado sobre o resultado das eleições americanas até esta quarta-feira.   

Segundo a imprensa estatal chinesa, o líder enviou ao democrata um telegrama no qual diz que os dois países devem evitar "confrontos" e promover o "respeito mútuo e o espírito de cooperação ganha-ganha", além da "nobre causa" da paz mundial.   

Entre as maiores economias do mundo, apenas dois líderes ainda não felicitaram o presidente eleito dos EUA: Jair Bolsonaro e Vladimir Putin. Apesar das tentativas de Trump de obstruir a apuração na Justiça, Biden garantiu 306 dos 538 votos no colégio eleitoral, contra 232 do republicano.   

Estados onde o presidente denunciava supostas fraudes sem apresentar provas, como Geórgia e Pensilvânia, já certificaram seus resultados, tornando a vitória de Biden irreversível. Trump ainda não reconheceu sua derrota oficialmente, mas já autorizou o governo a iniciar os trâmites para a transição.   

A China foi o principal alvo da retórica do republicano em seus quatro anos de mandato, marcados pelo protecionismo e pela guerra comercial contra o gigante asiático.   

Apesar disso, Trump não conseguiu reduzir o déficit comercial com a China, que ainda se aproveitou da saída dos EUA do Acordo de Associação Transpacífico (TPP) para assinar um tratado de livre comércio com países da mesma região. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.