PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Sonda chinesa Chang'e 5 pousa na Lua com sucesso

Sonda chinesa Chang"e 5 pousa na Lua com sucesso - CLEP
Sonda chinesa Chang'e 5 pousa na Lua com sucesso Imagem: CLEP

01/12/2020 18h19

PEQUIM, 2 DEZ (ANSA) - A sonda chinesa Chang'e-5, lançada ao espaço no dia 23 de novembro, pousou hoje com sucesso na superfície da lua para coletar rochas lunares, na primeira operação desse tipo em mais de 40 anos, informou a Agência Espacial da China (CNSA).

O desembarque ocorreu na área de Mons Rumker, na enorme planície vulcânica conhecida como Oceanus Procellarum, ou "Oceano de Tempestades", no lado da Lua mais próximo da Terra.

A missão não tripulada foi batizada em homenagem a uma deusa da lua na mitologia chinesa e visa coletar material para ajudar os cientistas a entender as origens do satélite, tendo em vista a construção de uma base lunar.

A sonda foi projetada para coletar poeira e rochas lunares, escavando o solo a uma profundidade de dois metros. A expectativa é de que essas amostras retornem à Terra ainda neste mês e ajudem os cientistas a entender melhor a história da Lua.

A China caminha para ser o terceiro país do mundo, depois dos Estados Unidos e da Rússia, a ter material lunar para estudar. A última missão deste tipo remonta a 1976, quando a missão não tripulada Luna 24 foi realizada com sucesso pela antiga União Soviética.

A chegada à superfície lunar é o terceiro pouso bem-sucedido da China, após o primeiro feito pela sonda Chang'e-3 em 14 de dezembro de 2013 e aquele no lado escuro da Lua, concluído pela sonda Chang'e-4 em 2 de janeiro de 2019.

O foguete "Longa Marcha 5" lançou a sonda Chang'e-5 do centro de lançamento espacial Wenchang, na ilha tropical de Hainan, às 17h30 (horário local), no último dia 23 de novembro.

Internacional