PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Itália aplicará uma dose de vacina em quem já teve covid

Itália aplicará uma dose de vacina em quem já teve Covid - POOL/REUTERS
Itália aplicará uma dose de vacina em quem já teve Covid Imagem: POOL/REUTERS

02/03/2021 16h57

O governo italiano aplicará apenas uma dose de vacina anti-Covid em pessoas que já foram infectadas com o novo coronavírus Sars-CoV-2. A medida será emitida em um comunicado do Ministério da Saúde nesta quarta-feira (3).

A informação foi confirmada pelo presidente do Conselho Superior de Saúde (CSS), Franco Locatelli, nesta terça-feira (2), durante coletiva de imprensa sobre o decreto do primeiro-ministro Mario Draghi com as novas medidas restritivas.

Segundo o italiano, a decisão é uma recomendação tanto da Agência de Medicamentos da Itália (Aifa) quanto do CSS, porque o vírus desempenha um papel de estímulo no paciente já infectado, o que faz os curados desenvolveram uma espécie de memória imunológica.

Apesar disso, Locatelli informa que a sugestão não será válida para pessoas imunossuprimidas, as quais vão continuar recebendo duas doses do imunizante para manter a máxima cautela.

Por fim, o presidente do Conselho Superior de Saúde também falou sobre os ensaios clínicos de vacinas na população pediátrica, cujos resultados serão divulgados nas próximas semanas.

"A resposta imunológica em crianças é brilhante, ainda mais do que a observada em adultos", afirmou ele, acrescentando que com os dados a Itália poderá "considerar a vacinação também em idade pediátrica".

Internacional