PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Corpo de Bruno Covas é levado em cortejo para Santos

16/05/2021 15h00

SÃO PAULO, 16 MAI (ANSA) - O corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi velado na tarde deste domingo (16) na sede da Prefeitura de São Paulo, na região central da cidade.   


O caixão chegou ao Edifício Matarazzo, por volta das 13h10 (horário local), e foi levado ao hall monumental do 3º andar onde ocorreu uma homenagem de familiares e amigos mais próximos.   


Uma missa foi celebrada pelo padre Rosalvino.   


Entre os presentes na cerimônia estavam o filho do político, Tomás, seus pais, Renata Covas Lopes e Pedro Mauro Lopes, seu irmão, Gustavo Costa Lopes, além do ex-vereador Mário Covas Neto, tio do prefeito, e o assessor especial e amigo pessoal de Covas, Gustavo Pires.   


O governador de São Paulo, João Doria, e sua esposa, Bia, e o atual prefeito Ricardo Nunes também participaram da despedida, que teve duração de cerca de 50 minutos.   


Durante coletiva de imprensa, Doria lamentou a perda e agradeceu Covas pelos seus ensinamentos. Após o encerramento do velório, Tomás ajudou a carregar o caixão de Covas, coberto por bandeiras do Brasil e de São Paulo, até o carro do Corpo de Bombeiros, onde diversas pessoas aplaudiram o prefeito.   


Neste momento, um cortejo em carro aberto é realizado na região central da cidade, em trechos como o Viaduto do Chá, as avenidas São João e Ipiranga, além da rua da Consolação e avenida Paulista, e segue para Santos, no litoral de São Paulo.   


O enterro acontecerá ainda hoje no Cemitério do Paquetá, na cidade natal do político, onde seu avô, Mário Covas, foi sepultado há 20 anos após morrer em decorrência da mesma doença.   


A prefeitura da cidade no litoral de São Paulo já mobilizou a Guarda Civil Municipal (GCM) para o cemitério para evitar aglomerações devido à pandemia de Covid-19. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.