PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Congresso aprova financiamento e evita 'shutdown' nos EUA

03/12/2021 11h10

NOVA YORK, 3 DEZ (ANSA) - O Congresso dos Estados Unidos aprovou na noite desta quinta-feira (2) o financiamento do governo até 18 de fevereiro, evitando a paralisação das atividades federais um dia antes do prazo.   

Já aprovado pela Câmara dos Representantes, o procedimento passou no Senado com 69 votos a favor e 28 contrários. "Estou feliz que, no fim das contas, as cabeças frias prevaleceram. O governo seguirá aberto", disse o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer.   

O financiamento anterior terminava nesta sexta-feira (3), o que deixou o país à beira de um shutdown, ou seja, a paralisação de atividades federais por falta de verba. Quando isso acontece, milhões de servidores públicos são enviados para casa sem salário, enquanto parques e museus federais ficam fechados.   

No entanto, a gestão de Joe Biden já tem outra preocupação no horizonte: a secretária do Tesouro, Janet Yellen, alertou que o governo pode ficar sem dinheiro a partir de 15 de dezembro se o Congresso não aumentar novamente o teto do endividamento público.   

Os EUA já haviam ficado à beira do default em outubro passado, mas, na ocasião, o Congresso acrescentou US$ 480 bilhões ao limite de endividamento do governo americano, que era de pouco mais de US$ 28 trilhões.   

O Partido Republicano diz que não apoiará um novo aumento, embora a dívida pública tenha explodido durante o governo de Donald Trump. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.