EUA e Ucrânia fecham acordo de segurança

BARI, 13 JUN (ANSA) - Os presidentes dos Estados Unidos e da Ucrânia, Joe Biden e Volodymyr Zelensky, respectivamente, assinaram nesta quinta-feira (13) na região da Puglia, na Itália, acordos de segurança entre os dois países.   

A notícia foi confirmada em um comunicado divulgado por Washington depois da cerimônia de assinatura à margem da reunião de líderes do G7 em Borgo Egnazia.   

"Os Estados Unidos enviaram um forte sinal do nosso apoio inabalável à Ucrânia. Só com o nosso apoio a Ucrânia será capaz de resistir", declarou Biden em uma coletiva de imprensa.   

Na opinião de Zelensky, a assinatura do pacto com os EUA é "histórica". O mandatário acrescentou que alguns aspectos do documento "diz respeito à vida quotidiana dos cidadãos ucranianos".   

"O acordo afirma claramente que os esforços dos EUA para apoiar a Ucrânia visam a vitória. Está é uma guerra maligna e o rosto desse conflito é Putin. Precisamos dar nomes às coisas, foi Putin quem decidiu", comentou.   

Com o pacto, os Estados Unidos se comprometem a fornecer material, treinamento, consultoria e informações de inteligência para apoiar a segurança de Kiev. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Deixe seu comentário

Só para assinantes