Turista vandaliza casa em Pompeia e terá de pagar danos

POMPEIA, 22 JUN (ANSA) - Um turista do Cazaquistão foi denunciado por vandalizar uma casa no Parque Arqueológico de Pompeia, uma das atrações mais visitadas da Itália.   

O incidente ocorreu neste sábado (22), quando o homem gravava as letras "Ali" em um pedaço de gesso na "Casa dei Ceii", uma das residências mais famosas de Pompeia e notória por seus afrescos de cenas de caça.   

O turista foi denunciado por danos ao patrimônio histórico da Itália, e restauradores agora avaliam a melhor forma de recuperar o gesso vandalizado.   

"Infelizmente, voltamos a comentar um ataque idiota ao nosso patrimônio artístico e cultural. Trata-se de um ato gravíssimo que será processado severamente, e o autor será obrigado a pagar os custos da reparação", disse o ministro italiano da Cultura, Gennaro Sangiuliano.   

No início do ano, o Parlamento da Itália aprovou um projeto de lei que estabelece que responsáveis por danos a monumentos terão de pagar do próprio bolso as despesas com a restauração, algo que não acontecia anteriormente.   

Vândalos também estão sujeitos a multas de até 60 mil euros (R$ 350 mil). (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Deixe seu comentário

Só para assinantes