Florença terá prefeita mulher pela 1ª vez na história

FLORENÇA, 24 JUN (ANSA) - A cidade italiana de Florença, histórica capital do Renascimento e da região da Toscana, terá uma mulher como prefeita pela primeira vez em sua história.   

Sara Funaro, da legenda de centro-esquerda Partido Democrático (PD), não pode mais ser ultrapassada pelo seu adversário no segundo turno das eleições municipais, Eike Schmidt, ex-diretor das Gallerie degli Uffizi, principal museu renascentista do mundo, e candidato da premiê de direita Giorgia Meloni.   

Com 342 de 360 seções apuradas, Funaro aparece com 60,7% dos votos, contra 39,3% de Schmidt, alemão naturalizado italiano que apostava em um trabalho bem avaliado nos Uffizi e em um perfil moderado para romper a hegemonia da centro-esquerda em Florença.   

"Estou um pouco emocionada, digo sinceramente. Sinto a grandíssima emoção de ser a primeira mulher prefeita de Florença", declarou a candidata vitoriosa.   

Além do PD, Funaro teve no segundo turno o apoio do populista Movimento 5 Estrelas (M5S) e de forças de centro. "Estou orgulhoso em poder ceder minha faixa a uma mulher como Sara. Ela será uma excelente prefeita", disse o atual governante da capital toscana, Dario Nardella.   

Psicoterapeuta de formação, Funaro tem 48 anos e uma longa experiência em órgãos municipais. Em Florença, ocupou durante uma década o cargo de secretária de Bem-Estar Social e Saúde na gestão Nardella.   

Ao todo, 105 cidades italianas tiveram segundo turno em 23 e 24 de junho, incluindo cinco capitais regionais: Bari (Puglia), Campobasso (Molise), Florença (Toscana), Perugia (Úmbria) e Potenza (Basilicata).   

Além de Florença, a centro-esquerda prevaleceu em Bari, com Vito Leccese (70,2% dos votos), e Potenza, com Vincenzo Telesca (65%), enquanto a disputa ainda está aberta em Campobasso e Perúgia.   

A participação do eleitorado foi de 47,71%, forte queda em relação ao índice de 62,83% registrado no primeiro turno.   

Continua após a publicidade

(ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Deixe seu comentário

Só para assinantes