Finlandês cria dedo com 'pen drive'


Um programador de software finlandês criou para si uma prótese com um pen drive de 2 GB de memória, depois de perder parte do dedo anelar esquerdo em um acidente de moto no ano passado, Jerry Jalava usa o pen drive, que pode ser acessado quando ele "levanta a unha", para armazenar fotos, filmes e programas.

Como a prótese não é permanente, ele pode retirá-la facilmente e conectá-la a um computador, para a transferência de dados.

Jalava afirmou que já está pensando em aumentar a capacidade de memória da prótese para incluir tecnologia wi-fi.

"Estou planejando usar outra prótese para a próxima versão, que vai ter a ponta removível e um microchip com identificação por frequência de rádio (RFID, na sigla em inglês)", escreveu ele em seu blog, ProtoBlogr.net.

Jalava teve que amputar metade de seu dedo anelar esquerdo depois de ter se chocado contra um alce enquanto dirigia sua moto, no ano passado, perto de Helsinki.

Ele afirma que se inspirou em criar o drive no dedo quando os médicos que o tratavam brincaram que ele devia ter um USB "dedo drive", depois de descobrirem que ele desenvolvia programas de computador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos