Apple pede desculpas por 'chacoalhador de bebê' para iPhone

Representantes da Apple pediram desculpas por causa de um aplicativo de seu telefone celular, o iPhone, chamado "Baby Shaker", ou "Chacoalhador de bebê".

O aplicativo mostra um bebê chorando. O objetivo do jogo era chacoalhar o telefone até "matar" o bebê. O jogo causou revolta entre organizações e pais de bebês que morreram ou tiveram danos cerebrais após serem chacoalhados violentamente.

O aplicativo "Baby Shaker", que custava US$ 0,99 (R$ 2,16) foi removido da loja da Apple na quarta-feira, apenas dois dias após seu lançamento.

"O aplicativo era profundamente ofensivo e não deveria ser aprovado para distribuição pela loja da Apple", disse a companhia em um comunicado.

"Nós pedimos desculpas sinceras por esse erro e agradecemos nossos consumidores por chamar a nossa atenção para isso", afirma o texto.

A empresa não quis comentar como o programa foi aprovado inicialmente nem quantas pessoas o compraram durante os dois dias em que esteve disponível.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos