EUA surpreendem e desclassificam italianos e egípcios

Na noite em que o Brasil bateu a Itália por 3 x 0, no clássico mais esperado da Copa das Confederações, a grande surpresa foi a vitória da seleção americana sobre o Egito pelo mesmo placar que lhe assegurou uma vaga nas semifinais do torneio.

"Soubemos do placar do jogo do Brasil no intervalo (então já 3 x 0) e falamos sobre tentar marcar mais, o que fizemos", disse o técnico americano Bob Bradley após a partida deste domingo.

O maior astro do time americano, Landon Donavan, disse que a classificação "é incrível".

"Sabíamos que éramos capazes, mas ainda assim é uma enorme surpresa", disse ele.

Apesar de ter chances matemáticas de classificação, a equipe dos EUA já era considerada praticamente eliminada da competição.

Mas ao final da primeira fase, o Brasil classificou-se em primeiro lugar no grupo com 9 pontos e os EUA em segundo, com três, mesma pontuação de Itália e Egito.

Americanos e italianos empataram no saldo de gols, mas o time americano tinha a vantagem por ter marcado um gol a mais do que a Itália.

Furto Na saída do estádio Loftus Park, em Pretória, palco da vitória brasileira, os torcedores Mario e Andrea Marinetti italianos mostraram-se indignados com o regulamento.

"Como o critério de gols marcados pode vir antes do que confronto direto?", perguntou Mario.

"Mas de qualquer forma, a Itália não pode jogar assim. A equipe no primeiro tempo foi uma confusão", acrescentou.

Após o jogo o goleiro Gianluiggi Buffon admitiu que "está claro que não fomos competitivos".

"Quando colocamos alma e coração nos jogos, somos um grande time, mas sem isso somos vulneráveis", disse ele.

"Você precisa entender que jogar pela seleção não é igual jogar na liga. É necessário experiência e caráter para ser bem-sucedido neste nível", disse ele.

Copa de 2010 Já o técnico do time, Marcello Lippi disse que não pretende mudar seu planejamento visando à Copa de 2010.

O técnico Dunga disse estar feliz com a forma como o Brasil jogou e disse acreditar que "quanto mais o time fica junto, melhor joga".

Após a partida, o brasileiro revelou ainda que a seleção foi alvo de furto no hotel em que se hospedava.

Jogadores egípcios tinham relatado um caso parecido.

O Brasil disputa a semifinal da Copa das Confederações com a África do Sul na quinta-feira. O outro jogo é entre Espanha e EUA, na quarta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos