Sucessora do Rio como sede olímpica será escolhida em Buenos Aires

O Comitê Olímpico Internacional (COI) elegeu, nesta quinta-feira, a cidade de Buenos Aires, na Argentina, para sua reunião anual de 2013 - quando será decidida a cidade sede dos Jogos Olimpícos de 2020, sucessora do Rio de Janeiro.

O anúncio da escolha foi feito pelo presidente do COI, Jacques Rogge, após uma votação realizada no Canadá.

A capital argentina foi eleita por 58 votos a favor e 31 contra na disputa com a cidade de Kuala Lumpur, na Malásia.

As duas foram finalistas entre 14 candidatas a sediar o encontro que, no ano passado, foi realizado em Copenhague, quando o COI anunciou a escolha do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016.

Campanha O presidente do Comitê Olímpico argentino, Gerardo Werthein, disse que a cidade de Buenos Aires deverá contar com a presença de autoridades de 205 países do mundo.

"Essa eleição é muito importante para a Argentina e contou com apoio do prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, da presidente Cristina Kirchner e dos atletas do país", disse Werthein, falando de Vancouver à imprensa argentina.

A campanha argentina incluiu um vídeo com declarações de apoio do jogador de futebol Lionel Messi, do jogador de basquete Emanuel Ginóbili e do tenista David Nalbandian, entre outros.

Em um comunicado divulgado logo após o anúcio, o Instituto Nacional de Promoção Turística da Argentina (INPROTUR) estimou que as reuniões do COI vão gerar seis mil noites de hospedagem na cidade de Buenos Aires e a presença de mais de 500 jornalistas do mundo inteiro.

"Na América Latina, os Jogos Olímpicos começam em 2013, em Buenos Aires, e terminam no Rio de Janeiro em 2016", diz a nota do Instituto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos