Fifa restringe a paradinha na hora do pênalti

A Fifa anunciou nesta terça-feira que vai restringir a paradinha nas cobranças de penâltis a partir de 1°de junho.

O novo texto afirma que "ameaçar durante a corrida para cobrar um pênalti para confundir um oponente é permitido, mas ameaçar chutar a bola uma vez que o jogador completou a corrida é agora uma infração da lei número 14 e um ato antiesportivo pelo qual o jogador deve ser punido." Os jogadores que fizerem a paradinha ilegal devem ser punidos com cartão amarelo, e a cobrança será anulada, se tiver sido convertida.

A Fifa afirmou que vai mostrar vídeos para os árbitros que participarão da Copa do Mundo na África do Sul para esclarecer o que vale ou não com as mudanças.

Árbitros Foi anunciado também que a entidade vai instituir o uso de outros dois auxiliares de arbitragem, posicionados atrás das metas.

A mudança já foi adotada neste ano durante os 205 jogos da Liga Europa (antiga Copa da UEFA), mas a entidade vai estender o projeto por mais dois anos para todas as confederações que desejarem, já que o teste não é compulsório.

As mudanças passam a valer após o Mundial da África do Sul.

A iniciativa tem o apoio do ex-jogador francês Michel Platini, atualmente presidente da UEFA, a confederação de futebol europeia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos