Sem sinal de dores, Júlio César é destaque em treino de alta velocidade

O goleiro titular da seleção brasileira, Júlio César, participou nesta quinta-feira pela primeira vez em oito dias de um treino com bola. O jogador havia se machucado na semana passada durante o amistoso contra o Zimbábue, em Harare. Desde então, Júlio César fazia trabalhos físicos separado dos demais jogadores. Ele sequer viajou para a Tanzânia esta semana e foi o único jogador que não teve folga na terça-feira. No treino com bola desta quinta-feira, Júlio César foi um dos destaques da seleção brasileira, fazendo várias defesas difíceis. O goleiro participou da sessão da tarde de treinamento, que foi marcada pela intensidade e alta velocidade dos jogadores. Lesão Pela manhã os jogadores realizaram um treino secreto, o primeiro desde que o Brasil chegou à África do Sul. Na saída do treino, cinegrafistas registraram imagens de Júlio César levando a mão às costas. O jogador estava afastado dos treinamentos com bola justamente devido a um problema nas costas. No entanto, no treino à tarde, que foi aberto à imprensa, Júlio César participou normalmente das atividades, revezando-se com Doni e Gomes em um dos treinos com bola. Jogadores e Dunga haviam dito que o Brasil reduziria a intensidade dos treinamentos de agora em diante, para evitar cansaço e lesões. Gilberto Silva disse na quarta-feira que o Brasil evitaria treinos muito intensos pois poderia chegar ao final da Copa do Mundo "sem gás" e que o time se concentraria apenas em dar um "polimento final" nas jogadas. No entanto, a seleção fez exatamente o oposto nesta quinta-feira, treinando em dois turnos e com muita intensidade. O treino da tarde foi marcado pela alta velocidade e movimentação. Os 20 jogadores de linha foram divididos em quatro times, que se enfrentavam em campo reduzido por cerca de uma hora. Enquanto dois times jogavam, os jogadores das outras duas equipes ficavam na beira do campo, repondo em jogo todas as bolas jogadas para fora. Com essa regra, as partidas foram intensas, pois a bola estava sempre em jogo, forçando todos os jogadores a correrem muito em campo. O único momento de descanço era quando soava o apito de Dunga e os times se revezavam nas funções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos