Alemanha bate o Uruguai e garante o 3º lugar na Copa

Debaixo de muita chuva, a Alemanha derrotou o Uruguai por 3 a 2 no estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth, e ficou com o terceiro lugar da Copa da África do Sul.

A Alemanha começou a partida o com mais volume de jogo, e o zagueirão Arne Friederich acertou o travessão do goleiro Fernando Muslera logo aos dez minutos.

Se faltou sorte para os alemães neste lance, momentos antes eles puderam comemorar a decisão do juiz mexicano Benito Archundia.

Depois de uma entrada criminosa do volante Aogo - em seu primeiro lance na Copa da África do Sul - no uruguaio Perez, o árbitro se decidiu pelo cartão amarelo. Pouco depois, o atacante brasileiro naturalizado alemão Cacau também levou amarelo por tocar na bola com a mão após cobrança de falta na área alemã.

Atacando mais, a Alemanha foi premiada com o gol aos 19 minutos. Um dos destaques do torneio, o meia Bastian Schweinsteiger, recebeu livre na intermediária e decidiu arriscar. Muslera cedeu o rebote e Thomas Müller, um dos jogadores mais elogiados da Alemanha, não perdoou, tocando no canto direito.

Briga pela artilharia Com o gol, Müller empatou com o holandês Wesley Snejder e com o espanhol David Villa na artilharia da Copa.

O gol acordou o Uruguai, que passou a pressionar o adversário e chegou ao gol aos 28 minutos. O lance surgiu a partir do erro de um dos jogadores mais constantes da Copa, Schweinsteiger, que perdeu a bola na intermediária. Em uma rápida troca de passes, Perez serve Luis Suarez que prepara para Cavani finalizar.

No segundo tempo, o Uruguai é que voltou disposto a dominar o jogo e logo nos primeiros minutos ameaçou marcar, mas o veternao goleiro Butt salvou com duas excelentes defesas.

O substituto de Neuer não conseguiu evitar o gol da virada, pouco depois, depois de mais uma rápida tabela pela direita entre Perez e Suarez, o último cruzou para o meio e o craque Diego Forlán emendou um lindo voleio de pé direito.

O golaço, o quinto do Uruguaio na África do Sul, também pôs Forlán de volta na briga pela artilharia.

Jogo aberto Mas a Alemanha não se deu por vencida e apenas cinco minutos depois empatou com Marcell Jansen, o substituto do capitão Philipp Lahm, de cabeça, após belo cruzamento da direita de Jerome Boateng.

A partir daí, o jogo ficou ainda mais aberto, com boas chances se alternando dos dois lados.

Faltando apenas oito minutos para a prorrogação, O meia Sami Khedira aproveitou vacilo da zaga uruguaia e cabeceou no canto esquerdo de Muslera para pôr a Alemanha na liderança definitivamente.

O técnico uruguaio ainda tentou chegar ao empate lançando Sebastián "El Loco" Abreu no lugar de Cavani, mas só teve tempo de fazer uma falta de ataque no zagueiro Friedrich.

Forlán ainda acertou o travessão nos últimos segundos de jogo, mas não conseguiu levar a partida para a prorrogação.

O Uruguai jogou com Fernando Muslera; Diego Lugano, Diego Godin, Jorge Fucile e Maximiliano Pereira; Diego Perez (Walter Gargano), Egidio Arevalo e Edinson Cavani (Sebastián Abreu); Martin Caceres, Luis Suarez e Diego Forlan. Técnico: A Alemanha venceu com Hans-Joerg Butt; Marcell Jansen (Toni Kroos), Arne Friedrich, Per Mertesacker e Jerome Boateng; Thomas Mueller, Dennis Aogo, Sami Khedira e Bastian Schweinsteiger; Mesut Özil (Serdar Tasci) e Cacau (Stefan Kiessling). Técnico: Joachim Löw.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos