Mandela está 'sob extrema pressão' da Fifa para comparecer à final, diz neto

O neto de Nelson Mandela disse neste domingo que o ex-presidente sul-africano está sob "extrema pressão" da Fifa para comparecer à final da Copa do Mundo.

Mandla Mandela disse que o evento seria "árduo" para um homem que fará 92 anos na semana que vem.

Nelson Mandela cancelou os planos de participar da cerimônia de abertura da Copa depois que sua bisneta morreu em um acidente de carro na noite anterior ao início do torneio.

O presidente da Fifa, entidade que governa o futebol mundial, Sepp Blatter, disse que seria "maravilhoso" se Mandela fosse à final.

Relações públicas Falando à BBC, Mandla Mandela disse que "nós estamos sob extrema pressão da Fifa pedindo e desejando que meu avô esteja na final".

"Mas eu acho que a decisão ficará apenas com ele, dependendo de como ele acordar hoje, de como se sentir, e do que seu time de médicos disser." "Meu avô fará 92 anos de idade na semana que vem, o jogo será à noite; esperam que ele entregue o troféu após a partida, o que pode ocorrer entre 22h30 e 23hs e seria bastante árduo para ele", disse.

A final entre a Espanha e a Holanda ocorre em Soccer City, em Johanesburgo, às 20h30 (15h30 no horário de Brasília).

Apesar das variações na qualidade do futebol apresentado, a Copa vem sendo vista como um sucesso de relações públicas para a África do Sul.

O comparecimento de Mandela na final seria encarado como o encerramento perfeito para a competição, que é vista como importante não só para o país, mas para todo o continente.

Luto A saúde de Mandela, no entanto, é frágil e ele ainda está em luto pela morte da bisneta Zenani Mandela, de 13 anos, que sofreu um acidente de carro quando saia do show de abertura da Copa, em Soweto.

"Eu acho que as pessoas precisam entender as tradições e costumes da família e entender que tivemos uma perda na família e ainda estamos de luto e para mim isso seria razão suficiente para deixar a família em paz por agora", disse Mandla Mandela.

Na quinta-feira, Blatter disse que "não podemos prever exatamente o que acontecerá, mas se (Mandela) pudesse vir ao estádio seria bom".

"Ele segurou esse troféu nas mãos quando estava em Zurique em 2004, e seria um momento maravilhoso para ele, para o futebol, para a África, se isso puder ser uma possibilidade."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos