Nelson Mandela saúda fãs no encerramento da Copa

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela participou da cerimônia de encerramento da Copa do Mundo da África do Sul no estádio Soccer City, em Johanesburgo, neste domingo, na sua primeira aparição pública desde o início do torneio.

Mandela saudou torcedores e fãs antes de voltar para casa para assistir à final Espanha x Holanda na televisão.

Um dos netos do líder de 91 anos afirmou que a Federação Internacional de Futebol, Fifa, fez "pressão extrema" para que Mandela fosse ao estádio.

Mandla Mandela disse ainda que o compromisso seria "extenuante" para o avô, cuja saúde é frágil.

Mandela planejava participar da cerimônia de abertura da Copa, mas foi obrigado a cancelar a sua presença, depois que a bisneta morreu em um acidente de carro na noite anterior.

'Maravilhoso' O presidente da Fifa, Sepp Blatter, disse que seria "maravilhoso" se Mandela pudesse comparecer à final.

"Nós estávamos sob extrema pressão da Fifa exigindo e torcendo para que o meu avô estivesse na final", disse Madla Mandela, lembrando que o avô completa 92 anos na semana que vem.

"Ele irá logo antes do começo (da cerimônia) para cumprimentar os fãs antes de voltar para casa", tinha adiantado a neta Nkosi Zwelivelie Mandela. "Ele irá cumprimentar os fãs por 15, 30 minutos." Nelson Mandela cancelou os planos de participar da cerimônia de abertura da Copa depois que sua bisneta morreu em um acidente de carro na noite anterior ao início do torneio.

A bisneta Zenani Mandela, de 13 anos, sofreu um acidente de carro quando voltava do show de abertura da Copa, em Soweto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos