Violência no Rio de Janeiro é destaque na imprensa internacional

O episódio do tiroteio entre um grupo de homens armados seguido pela invasão de um hotel de luxo em São Conrado, zona sul do Rio de Janeiro no sábado foi destaque em vários veículos da imprensa internacional.

O jornal espanhol "El País" destaca as declarações do presidenciável José Serra (PSDB) que estava no sábado no Rio de Janeiro e criticou o que chamou de "precária política de segurança pública" do governo federal.

O "El País" ressalta também o comentário do secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Mariano Beltrame.

"Segundo o secretário de Segurança, 'não existem soluções' mágicas para acabar com a violência de uma cidade com mais de mil favelas, dominadas até hoje, exceto uma dezena delas, pelo poder paralelo dos narcotraficantes, melhor armados geralmente do que a polícia", diz o "El País".

Segurança

O assunto estava na primeira página do site do jornal argentino "El Clarin" com o título: "Rio de Janeiro: Narcotraficantes fazem reféns em hotel de luxo".

O site da emissora de "TV Al Jazeera", baseada no Catar, afirma que a segurança é uma das principais preocupações do Rio de Janeiro que se prepara para sediar a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

A "Al Jazeera" destaca que o governo conseguiu acabar com o tráfico em 10 favelas e que o Intercontinental é um dos hoteís mais procurados por estrangeiros embora ressalte que as nacionalidades dos reféns não foram reveladas.

O jornal americano "The New York Times" trouxe o título: "Homens armados invadem hotel no Rio de Janeiro".

Já o site da emissora americana "CNN" preferiu destacar que o episódio deixou uma vítima fatal, com a manchete: "No Brasil, uma pessoa morre em tiroteio em hotel".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos