Obama fala de economia em seu último discurso do Estado da União

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez nesta quarta-feira o último discurso do Estado da União de seu mandato.

O discurso é o relato que o presidente apresenta ao Congresso norte-americano a cada ano reportando as condições sociais, políticas e econômicas do país.

Obama fez uma defesa de seu legado, alegando que os EUA se recuperaram da pior crise econômica em décadas, avançaram em saúde e podem emergir como um país mais forte se abraçar ideais de mudanças. Pediu a eleitores e políticos que mudem o tom divisivo da política e "mudem o sistema, para refletir o melhor de nós".

Obama também se queixou quanto ao crescente nível de hostilidades entre democratas e republicanos no país.

Candidatos republicanos criticaram o discurso. Um deles, Ted Cruz, afirmou que a fala foi "menos um Estado da União e mais um estado de negação".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos