Ferrari clássica vai a leilão e pode se tornar carro mais caro já vendido

É vermelha. É rápida. E você provavelmente não poderá bancá-la.

Esta é uma Ferrari 335 S 1957. Quando o martelo bater em uma casa de leilões de Paris em 5 de fevereiro, poderá entrar para a história como o carro mais caro já vendido.

A casa de leilões Artcurial estimou o valor máximo do veículo em 32 milhões de euros, ou R$ 142 milhões.



Se o carro superar esse valor, poderá bater o recorde anterior, registrado em 2014 por outra Ferrari.

O modelo que irá a leilão vem com um pedigree considerável.

Segundo o catálogo do leilão, o carro venceu o Grand Prix de Cuba em 1958 e, no ano anterior, fez a melhor volta na famosa 24 Horas de Le Mans.

Também foi dirigida pelo lendário piloto britânico Stirling Moss. A Artcurial descreve o veículo como "uma das Ferraris mais importantes na história do automobilismo".

O carro pertence, desde os anos 1970, ao famoso colecionador particular Pierre Bardinon - que, a julgar pelas imagens divulgadas pelo leiloeiro, manteve a Ferrari em ótimo estado de conservação até sua morte, em 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos