A mulher que desafiou um tabu e venceu campeão mundial de xadrez

Logo nas primeiras partidas, aos 5 anos de idade, já estava claro que Judit Polgar tinha um talento natural para o xadrez.

Por isso, durante a adolescência, ela deixou de jogar contra adversários de sua própria idade para enfrentar experientes jogadores adultos de todo o mundo.

Apesar disso, ela não era bem aceita entre eles e, por ser mulher, sofria com a descrença de muitos profissionais de xadrez.

Isso até vencer o campeão mundial Garry Kasparov, em 2002.

À época, o russo Kasparov já havia feito várias declarações questionando a possibilidade de uma mulher em vencer um homem no xadrez.

Polgar provou que sim em uma disputa com o campeão em uma competição entre jogadores russos e de outros países.

Ela foi a primeira mulher a derrotar um jogador profissional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos