Migrantes e polícia entram em confronto na França

Confrontos aumentaram no campo de refugiados no porto de Calais, na França, quando equipes de demolição começaram a desmontar barracos em parte do acampamento - conhecido como "Selva".

Os migrantes atiraram pedras contra a tropa de choque, que disparou bombas de gás lacrimogêneo. Pelo menos 12 barracos foram incendiados, segundo relatos.

De acordo com fontes do governo, a intenção é mudar os migrantes para centros de acolhimento, onde eles estariam mais seguros.

Em Calais - que costuma concentrar imigrantes interessados em rumar à Grã-Bretanha, atravessando o Canal da Mancha -, eles enfrentam resistência e são comumente malvistos por parte da população local.

A polícia francesa havia advertido que usaria a força se os migrantes se recusassem a abandonar o local, mas muitos deles temem que a mudança os obrigue a pedir refúgio na França, forçando-os a abandonar a esperança de chegar ao Reino Unido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos