#OBrasilMelhorariaSe vira trending topic no Twitter

Uma hashtag criada por um jovem de 19 anos de uma pequena cidade no interior do Ceará virou trending topic no Twitter do Brasil na manhã desta sexta-feira.

#OBrasilMelhoriaSe aparece entre as mais citadas na rede social.

A hashtag convida os usuários a completar a frase, em meio à crise política que o país enfrenta.

O termo foi publicado pelo perfil Sr. Twitteiro por volta das 6h45 de Brasília. Duas horas depois, a hashtag já havia sido compartilhada mais de 3 mil vezes.

Sr. Twitteiro é o perfil no Twitter do jovem Pedro Henrique Simplício Pinto, de 19 anos, de Pires Ferreira, no Ceará. Em entrevista à BBC Brasil, ele diz que votou em Dilma Rousseff nas últimas eleições, mas se desiludiu com seu segundo mandato da presidente.

  • Leia também: 'Brasil tem que limpar a casa, impeachment não basta', diz presidente de consultoria de risco dos EUA
  • Siga a BBC Brasil no Facebook e no Twitter

"O Brasil está passando por uma crise, e em vez de querer por a culpa no PT, principalmente no Lula, eu resolvi querer saber a opinião das pessoas para que o país mudasse", diz ele, que diz ter criado a hashtag espontaneamente.

"Me defino como um simples eleitor. Votei na Dilma, mas o segundo mandato dela está sendo horrível, prejudicando todo o mundo, o Brasil em geral", opina.

Enquanto uns levaram a hashtag a sério, outros optaram por completar a frase em tom de ironia ou brincadeira.

O usuário 'safadão jr.' completou a frase criticando a sociedade. "#OBrasilMelhoriaSe acabasse com esse jeitinho brasileiro pq reclama da corrupção, mas fura fila, suborna guardas, n respeita as normas".

  • Leia também: Sergio Moro: Herói anticorrupção ou incendiário?

Já o perfil Albus Dumbledore afirmou que "#OBrasilMelhoriaSe tivesse um parque do Harry Potter".

Outro usuário, Julles Vallès, fez uma crítica indireta ao PSDB. "#OBrasilMelhoriaSe algum tucano fosse efetivamente preso".

E Radio_Justime optou por criticar o ex-presidente Lula. "#OBrasilMelhoriaSe O povo fosse menos burro. Aquilo que a Record, Globo e SBT mostrou foi conversa do Lula."

Questionado sobre a repercussão da hashtag, Pinto critica a polarização política no Brasil.

"As pessoas estão divididas, mas nessa hora temos que esquecer o lado político e querer a mudança do país", conclui.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos