Austrália planeja usar herpes contra infestação de carpas predadoras

O político australiano que declarou guerra contra os cachorros do ator Johnny Depp tem um novo alvo: as carpas.

O vice-primeiro-ministro do país, Barnaby Joyce, disse que a única forma de se livrar do peixe "lamacento" é usar o vírus da herpes contra ele.

O programa de erradicação de 15 milhões de dólares australianos (R$ 40 milhões), apelidado de "carpocalipse" pelo governo, tem como objetivo eliminar a carpa da bacia de Murray-Darling, no sudeste do país.

O peixe foi introduzido na Austrália em 1859, mas sua população aumentou exponencialmente nos anos 1960, depois que uma variedade criada em cativeiro foi acidentalmente liberada na natureza.

Estima-se que a carpa responda por 80% a 90% da biomassa de peixes nesta bacia, onde está localizada a mais importante região agrícola australiana.

  • Leia também: Para cientistas, riscos associados ao Zika são maiores do que se pensava
  • Leia também: Montanhista encontrado congelado após 16 anos se tornou lenda por salvar companheiros

Alto custo

As carpas se reproduzem facilmente e competem com peixes nativos. Por terem mandíbulas sem dentes, elas precisam se alimentar no fundo dos rios, o que gera erosão e torna a água mais turva, piorando sua qualidade.

Joyce disse que a espécie invasora está custando 500 milhões de dólares australianos (cerca de US$ 375 milhões) por ano.

O governo federal quer liberar no rio Murray um tipo de vírus da herpes que afeta estes animais, oCyprinid herpesvirus , surgido primeiro em Israel, para matar cerca de 95% dos animais.

O ministro de Ciência, Christopher Pyne, disse que o vírus não impacta humanos, mas que a operação de limpeza do ecossistema terá um alto custo, já que milhares de peixes morrerão após ele ser liberado.

"De repente, haverá centenas de milhares ou até mesmo milhões de toneladas de carpas mortas no rio Murray", disse Pyne.

  • Leia também: Rejeitado pela mãe após nascer sem pelo, bebê ovelha ganha casaco de lã para se proteger do frio

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos