Lápis-lazúli: o tesouro azul explorado pelo Talebã no Afeganistão

Grupos armados, incluindo o Talebã, estão saqueando os recursos naturais do Afeganistão e desviando milhões de dólares, segundo a ONG anticorrupção Global Witness.

Uma pesquisa feita pela ONG durante dois anos aponta que, com a conivência de autoridades públicas envolvidas em um esquema de corrupção, milicianos tomaram o controle das minas de lápis-lazúli - uma pedra semipreciosa – do país.

Esses 'senhores da guerra' entregam cerca de metade dos seus lucros para o Talebã. A ONG estima que apenas esta pedra tenha rendido lucro de US$ 30 milhões nestes dois anos.

No ranking de percepção de corrupção feito pela Transparência Internacional, o Afeganistão ocupa a 166ª posição entre 168 países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos