Só uma mulher eleita, candidatos quase empatados e grandes abstenções em SP e RJ: as eleições nas capitais

Homem vota com criança no colo

Alto índice de abstenções surpreendeu em algumas cidades

O primeiro turno das eleições municipais terminou com apenas uma mulher eleita como prefeita de uma capital (reeleita, no caso).

No Rio e em São Paulo, além das votações em si, outro dado chamou a atenção: o grande número de pessoas que não foram às urnas.

Confira, a seguir, esses e outros destaques do pleito em cada uma das capitais brasileiras:

Aracaju

A eleição em Aracaju, em Sergipe, teve praticamente um empate numérico: Eduardo Nogueira do (PC do B) e Valadares Filho (PSB) tiveram 38,76% e 38,09% dos votos válidos - o primeiro teve apenas 1.744 votos a mais que o segundo, com quem disputará o segundo turno.

A cidade teve 4,3% de votos brancos e 16,6% de nulos.

Belém

Zenaldo Coutinho (PSDB) vai disputar o segundo turno na capital paraense com Edmilson (PSOL) - o primeiro teve 31,02% dos votos válidos, e o segundo, 29,5%.

A capital paraense registrou 2,71% de votos brancos, e 5,26% dos eleitores anularam.

Belo Horizonte

Em BH, João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS) são os candidatos que disputarão o segundo turno, com 33,4% e 26,56% dos votos válidos, respectivamente.

Na capital mineira, os votos brancos foram 7,2% e nulos, 14,28%.

Boa Vista

Teresa Surita (PMDB) se reelegeu na principal cidade de Roraima, ainda no primeiro turno, com 79,39% dos votos válidos. O segundo colocado, com 9,42%, foi Sandro Baré (PP).

Surita foi a única mulher a ser eleita no primeiro turno em uma capital.

Brancos representaram 1,96% e nulos, 7,97%.

Campo Grande

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, também haverá segundo turno. Marquinhos Trad (PSD) recebeu 34,57% dos votos, enquanto Rose Modesto (PSDB) ficou em segundo com a escolha de 26,62% dos eleitores.

Foram registrados 3,66% de votos brancos e 7,49% de nulos.

Marcelo Crivella (PRB)

O senador Marcelo Crivella (PRB) foi o mais votado no 1º turno no Rio

Cuiabá

Na capital de Mato Grosso, Emanuel Pinheiro (PMDB), que recebeu 34,1% dos votos, e Wilson Santos (PSDB), que recebeu 28,4%, disputarão a prefeitura na próxima fase.

Foram 4,2% de votos brancos e 9,3% de nulos.

Curitiba

Rafael Greca (PMN) recebeu 38,38% dos votos e vai disputar o segundo turno com Ney Leprevost (PSD), que foi escolhido por 23,66% dos eleitores.

O atual prefeito, Gustavo Fruet (PDT), ficou apenas com o terceiro lugar - teve 20,03% dos votos.

Outros 4,7% dos eleitores decidiram votar em branco e 9% anularam.

Florianópolis

Gean Loureiro (PMDB) recebeu 40,39% dos votos na capital catarinense, e vai disputar o segundo turno com Angela Amin (PP), que teve 24,57% dos votos válidos.

Os brancos foram 3,49% e os nulos, 7,12%.

Fortaleza

Na capital cearense também haverá segundo turno - entre Roberto Claudio (PDT), que teve 40,81% dos votos, e Capitão Wagner (PR), que foi escolhido por 31,15%.

A cidade teve 2,52% de votos brancos e 5,86% de nulos.

Goiânia

Iris Rezende (PMDB), que teve 40,47% dos votos, disputará o comando da capital goiana com Vanderlan (PSB), escolhido por 31,84% do eleitorado.

A cidade teve 2,54% de votos brancos e 7,11% de nulos.

João Pessoa

Na capital da Paraíba, João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) conseguiu se reeleger com 59,67% dos votos. Em segundo lugar, ficou a candidata Cida Ramos (PSB), que recebeu 33,54%.

Brancos representaram 3,8% dos votos, enquanto os nulos, 10%.

Macapá

O segundo turno da capital do Amapá será entre Clécio Luis (Rede), que teve 44,99% dos votos, e Gilvam Borges (PMDB), que registrou 26,99%.

Brancos representaram 2,41% e nulos, 5,56.

Maceió

Em Maceió, Alagoas, Rui Palmeira (PSDB) e Cícero Almeida (PMDB) farão o segundo turno. Eles tiveram 46,86% e 24,73% dos votos, respectivamente.

Na capital, os votos brancos foram 3,86% e nulos, 8,65%.

Manaus

Na capital do Amazonas, Artur Neto (PSDB), que recebeu 35,17% dos votos, e Marcelo Ramos (PR), que teve 24,86%, farão o segundo turno.

Do total, 3,77% dos votos foram brancos e 6,04%, nulos.

Natal

Carlos Eduardo (PDT) foi reeleito ainda no primeiro turno na capital do Rio Grande do Norte com 63,42% dos votos. Em segundo lugar, ficou Kelps (SD), com 13,37%.

Foram 4,5% de votos brancos e 12,5% de nulos.

Palmas

Carlos Amastha (PSB) foi reeleito na capital tocantinense com 52,38% dos votos. Ele ficou à frente de Raul Filho (PR), que teve a preferência de 31,43% dos eleitores.

A cidade registrou 2,79% dos votos brancos e 7,14% votos nulos.

Salvador

Na capital baiana, ACM Neto (DEM) foi reeleito com 73.99% dos votos válidos. O segundo colocado foi Alice Portugal (PC do B) com 14.55%.

Foram 3,17% de votos brancos e 10,3% de nulos.

Porto Alegre

As eleições para prefeito na capital do Rio Grande do Sul vão para o segundo turno.

Nelson Marchezan Jr (PSDB) teve 29,84% dos votos e Sebastião Melo (PMDB), 25,93%.

Foram 7% de votos brancos e 8,8% de votos nulos.

Porto Velho

Na capital de Rondônia, Dr. Hildon (PSDB) recebeu 27,2%, disputará o segundo turno com Léo Moraes (PTB), que teve 26,1%.

Os votos brancos representaram 2,7% e os nulos, 15,3%.

Recife

Uma votação apertada - que quase decidiu o pleito já na primeira etapa - garantiu o segundo turno entre os candidatos Geraldo Julio (PSB), que teve 49,34%, e João Paulo (PT), com 23,76.

Foram 4,23% votos brancos e 7,78% nulos.

Rio Branco

Na capital do Acre, Marcus Alexandre (PT) se reelegeu com 54,87%. Em segundo lugar ficou Eliane Sinhasique (PMDB), com 32,02% dos votos.

A cidade registrou 1,59% de votos brancos e 4,7% anulações.

Rio de Janeiro

Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL) disputarão o segundo turno no Rio de Janeiro. Eles tiveram 27,78% e 18,26% dos votos válidos, respectivamente.

As abstenções somaram 24,28%, os brancos chegaram a 5,5% e os nulos, 12,76% - um total de 42,54% do eleitorado apto a votar.

São Luís

Na capital maranhense, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) recebeu 45,6% dos votos e vai disputar o segundo turno com Eduardo Braide (PMN), que foi escolhido por 21,3% dos eleitores.

A cidade registrou 2,9% de votos brancos e 4,4% anularam.

São Paulo

Com 53,29% dos votos válidos, João Doria Jr. (PSDB) foi eleito na capital paulista no primeiro turno - o primeiro candidato a conseguir a façanha desde 1992. O prefeito Fernando Haddad (PT) ficou em segundo, com 16,70% dos votos.

Brancos e nulos, juntos, superam o percentual de votos válidos atingido pelo petista: 17,25%.

A capital também teve a maior abstenção dos últimos ciclos eleitorais: 21,84%.

Quando somadas as abstenções, os votos em branco (5,29%) e nulos (11,35%) na capital paulista, o resultado é 38,48% do eleitorado.

Teresina

Na capital piauiense, Firmino Filho (PSDB) foi reeleito no primeiro turno com 51,14% dos votos. O segundo colocado foi Dr. Pessoa (PSD), com 39,77% dos votos).

A cidade teve 1,99% de votos brancos e 6,37% nulos.

Vitória

A capital do Espírito Santo decidirá quem será seu próximo prefeito no segundo turno. Luciano (PPS) recebeu 43,82% dos votos e vai disputar com Amaro Neto (SD), que teve 35,32% da preferência dos eleitores.

Brancos somaram 3,89% dos votos e os nulos, 6,79%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos