Grupo sobrevive à base de amendoim e peixe cru após se perder em selva mexicana

Uma britânica relembrou como ela e três companheiros de viagem sobreviveram à base de amendoim e peixe cru depois de ficarem cinco dias perdidos na selva mexicana.

O incidente aconteceu no último dia 17 de outubro, quando o grupo perdeu roupas, comida e equipamento de comunicação depois que uma das duas canoas em que estava virou no rio Candelária, na Península de Yucatán, no sudeste do México.

Rachel Bradley diz que, por causa disso, eles foram forçados a permanecer em cima de uma árvore na maior parte do tempo para sobreviver.

O grupo, formado outros dois britânicos e um mexicano, foi encontrado cinco dias depois pelas autoridades mexicanas. Eles estavam em uma expedição financiada pela ONG Ninth Wave Global.

Rachel disse que o quarteto se perdeu devido a uma combinação de corredeiras inesperadas e um "labirinto" de pântanos e cachoeiras resultantes da chuva que havia atingido a região.

Durante o período em que ficou à espera do resgate, ela sofreu arranhões nas pernas por causa das folhas das palmeiras.

"A água fluía mais e mais rápido até o ponto que nós percebemos que era muito tarde para voltar", relembra Rachel.

"Abandonamos o segundo barco para tentar sair da selva a pé. Mas rapidamente ficou óbvio que a opção mais segura era parar de andar e esperar pela chegada do resgate".

"Tendo perdido todos os nossos pertences, tivemos de beber água do rio e comer peixe cru que pescamos usando um mosquiteiro", acrescenta.

Rachel disse ainda que o grupo tentou buscar alternativas para escapar.

"Ficamos nessa árvore e exploramos algumas poucas e diferentes rotas de saída, atravessando o campo de palmeiras e nadando para cima e para baixo".

"No entanto, a melhor coisa para fazer era ficar parado. Até porque tínhamos um local seguro para dormir".

"Na primeira noite, dividimos uma embalagem de M&M's. No dia seguinte, compartilhamos um pacote de amendoins caramelizados que eu tinha ? cada um teve direito a cinco amendoins".

"No terceiro dia, meus companheiros de viagem começaram a colher as frutas locais que eles reconheciam e conseguiram pescar alguns peixes usando meu mosquiteiro".

"Eles cortaram as cabeças dos peixes e os engoliram por inteiro".

Sem notícia do grupo, a ONG contatou as autoridades mexicanas.

"Rachel e os outros foram encontrados pela equipe de resgate local. Eles os tiraram da selva, lhes deram comida, água e hospedagem por uma noite", afirmou um porta-voz da Ninth Wave Global.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos