'Homens-pássaro' fazem corrida em queda livre nos céus a 200 km/h

Competidores representando 18 países participaram neste fim de semana do Red Bull Aces, um torneio que torna ainda mais arrojada a prática do wingsuit.

O evento foi realizado nas imediações da cidade de Phoenix (EUA), no desértico Estado do Arizona.

Os 40 participantes saltaram de um helicóptero a 2,5 mil metros de altura e voaram a 200 km/h em meio a um circuito tipo "slalom" por pilares aéreos sustentados por helicópteros - em grupos de quatro competidores.

Trata-se do mais rápido esporte aéreo não-motorizado. Os praticantes desse esporte radical voam em queda livre usando apenas uma espécie de macacão com asas.

Para que o espetáculo fosse mais interessante, cada participante carregava um sinalizador colorido, que desenhava sua trajetória no céu.

Depois de terminar em segundo lugar nos últimos dois anos, o americano Noah Bansom enfim levou a melhor sobre o compatriota Andy Farrington e ficou com o título.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos