Cuba oferece rum para pagar dívida de R$ 900 milhões com República Tcheca

Cuba propôs um jeito pouco convencional de pagar sua dívida multimilionária com a República Tcheca. Ofereceu quitar o débito com garrafas de seu famoso rum.

Cuba deve aproximadamente R$ 900 milhões aos checos. Se a oferta for aceita, os tchecos terão o suficiente para consumir a bebida por mais de um século.

Praga, contudo, já sinalizou que prefere receber parte da dívida em dinheiro. O débito remonta à época da Guerra Fria, quando a então Tchecoslováquia fazia parte do bloco comunista.

Os cubanos alegam que têm pouco dinheiro, mas rum de sobra - por isso levaram adiante essa proposta peculiar.

Mas a República Tcheca está disposta a negociar. Aceita receber parte do débito com o rum e também com produtos farmacêuticos cubanos. No caso dos remédios, no entanto, há um entrave por não contarem com certificação da União Europeia.

Cuba tem discutido o pagamento de sua dívida externa com diferentes países, entre eles Rússia e México. Em alguns casos o pagamento está suspenso desde os anos 1980.

No final de 2015, a ilha conseguiu ganhar um perdão de US$ 8,5 bilhões (R$ 28 bilhões) ao renegociar sua dívida com 14 países do Clube de Paris, que conta com 21 signatários e tem como missão ajudar financeiramente países com dificuldades econômicas.

Em troca, prometeu pagar US$ 2,6 bilhões (R$ 8,58 bilhões) em 18 anos na tentativa de, assim, obter acesso a mais crédito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos