O lutador que recolocou o Japão no topo do sumô após hiato de duas décadas

O sumô é o esporte nacional do Japão, mas há 19 anos nenhum japonês havia se tornado "yokozuna" - a posição mais alta da modalidade.

Nos últimos anos, a prática vinha sendo dominada por lutadores da Mongólia ou das Ilhas Samoa.

Até que Yutaka Hagiwara, conhecido como Kisenosato, ganhou um campeonato no início deste ano e foi promovido ao ranking de yokosuna.

"Aceito o título com humildade", afirmou ele em uma entrevista coletiva. "Me devotarei à função e tentarei não trazer vergonha ao título de yokozuna."

Em algumas artes marciais do Japão, quem chega à graduação máxima passa a ser considerado um modelo de comportamento a ser seguido - tendo sempre que demonstrar honra e humildade.

Por isso, são criticados publicamente quando cometem alguma atitude repreensível.

Kisenosato, de 30 anos, tem 178 kg e nasceu no norte de Tóquio. A conquista dele ocorre em um momento em que o número de praticantes de sumô vem caindo muito no país devido à difícil e regrada rotina de treinos.

Com a vitória, o esporte, considerado um dos ícones culturais do Japão, ganha agora novo fôlego.

E o novo yokozuna certamente se tornará uma celebridade no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos