Jovens entram em confronto com polícia na Espanha

da BBC, em Londres

Pelo menos três pessoas ficaram feridas e sete foram presas na noite desde domingo durante confrontos entre cerca de mil jovens e policiais na capital da Espanha, Madri.

Os jovens espanhóis disseram que queriam acabar com gangues criminosas de imigrantes latino-americanos que eles alegam estarem dominando o subúrbio de Alcorcón.

A polícia lançou gás lacrimogêneo no grupo de jovens, que usavam lenços e gorros para esconder o rosto e atiraram garrafas e moedas nos policiais.

Alguns jovens, que portavam tacos de beisebol e facas, gritavam: "Vamos pegar estes dominicanos."

Delinqüência

O protesto foi gerado por um incidente em Alcorcón no sábado, quando um espanhol brigou com um morador dominicano no que foi classificado pela população local como um confronto entre gangues rivais.

Uma gangue formada principalmente por imigrantes latino-americanos, auto-intitulada Latin Kings, tem sede em Alcorcón.

Porém, segundo muitos moradores do subúrbio, a briga de sábado não foi gerada por diferenças raciais e sim pela delinqüência em um bairro com alto índice de desemprego e negligenciado pelas autoridades.

Imigrantes latino-americanos da área disseram a jornalistas que estão com medo de ser alvo de mais violência nos próximos dias.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos