Ambiente para crescimento nunca foi melhor, diz Mantega

da BBC, em Londres

O Brasil nunca dispôs de condições tão favoráveis ao crescimento econômico como hoje, afirmou nesta segunda-feira o ministro da Fazenda, Guido Mantega, durante exposição para investidores no Banco Central da Inglaterra, em Londres.

Segundo ele, essas condições favoráveis incluem uma reduzida vulnerabilidade externa, inflação sob controle e balanço fiscal positivo, com uma redução gradual da proporção entre dívida e PIB.

“Nunca vi antes uma reunião de condições tão favoráveis no Brasil para potencializar o crescimento econômico”, afirmou Mantega.

Para o ministro, mesmo em períodos em que a economia brasileira cresceu a taxas bem maiores do que hoje o cenário não era tão favorável ao crescimento.



Desaceleração mundial

Ele disse confiar que as medidas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) conseguirão atingir o objetivo de levar as taxas de crescimento do Brasil a 5% ao ano e também zerar o déficit nominal até 2010, mesmo com um cenário negativo na economia mundial.

Mantega disse não ver grandes riscos à economia brasileira mesmo no caso de uma desaceleração mundial.

Segundo ele, a expansão do mercado interno brasileiro garantiria o crescimento ainda que houvesse uma queda no ritmo de crescimento da demanda por exportações.

“Mesmo se houver problemas externos não seremos atingidos tão fortemente”, acredita o ministro.

Mantega se reúne ainda nesta segunda-feira com o ministro das Finanças do Reino Unido, Gordon Brown, considerado o provável sucessor do atual primeiro-ministro, Tony Blair, quando este deixar o cargo neste ano.

Segundo a assessoria do Ministério da Fazenda, Mantega aproveitará o encontro com Brown para conhecer a experiência britânica na confecção do Orçamento, que permite ao governo desconsiderar as despesas com investimento na contabilização do superávit primário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos