Brasil desafia Índia com estratégia asiática, diz 'Wall Street Journal'

da BBC, em Londres

O Brasil está utilizando uma estratégia indiana de negócios para promover sua inserção no mundo dos negócios internacionais, afirma matéria publicada nesta segunda-feira na versão asiática do Wall Street Journal.

Uma "avalanche de negócios em tecnologia da informação" está fazendo do Brasil "o campeão latino-americano de outsourcing", diz o jornal.

O termo se refere à decisão de multinacionais de transferir a prestação de serviços para firmas em outras partes do mundo. Nos últimos tempos, companhias importantes, como IBM, Accenture e Gap Inc., transferiram operações de informática para o país.

A terceirização internacional, que até agora vinha beneficiando particularmente a Índia, pode fazer o mesmo também por seu rival emergente. Entre as vantagens do Brasil sobre a Índia está a proximidade – física e cultural – em relação ao mercado americano.

Sobre os países vizinhos, os brasileiros têm a vantagem de oferecer mão-de-obra qualificada e um mercado doméstico de informática maior e mais dinâmico, lista a reportagem.

"Consultores da indústria já começam a falar bem do Brasil, e a prever que 2007 será o ano em que o país será reconhecido como destino de outsourcing", escreve o WSJ Ásia.

Aquecimento global

Ambientalistas reunidos em Paris divulgarão na sexta-feira o "mais aterrador relatório do todos os tempos" sobre a evolução do clima no planeta, destaca o jornal britânico The Independent nesta segunda-feira.

A minuta do relatório, a que o jornal teve acesso, começa a ser discutida em Paris por um grupo de ambientalistas reunidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). O documento, preparado "por 2.000 dos maiores especialistas em mudanças climáticas do mundo", segundo o Independent, conclui que "há poucas dúvidas de que a atividade humana está mudando a face do planeta".

De acordo com o Independent, a temperatura do planeta deve subir entre 2ºC e 4,5ºC neste século, aumentando a evaporação das águas oceânicas e o degelo das camadas polares.

No esquema descrito pela matéria, a alta concentração de vapor de água na atmosfera funcionaria como um "poderoso agente-estufa", capaz de debilitar a capacidade natural da atmosfera de absorver gás carbônico. A concentração de CO2 na atmosfera poderia aumentar 44% até 2100, reporta o Independent.

Ainda de acordo com o texto, 11 de 12 anos mais quentes dos últimos 150 anos ocorreram desde 1995.

Modelo brasileira

A mãe da modelo Ana Carolina Reston, que morreu em novembro por complicações decorrentes de anorexia, criticou a decisão do London Fashion Week de permitir que modelos super-magras participem do festival de moda.

"A vida de minha filha parece não ter servido para nada, quando deveria ter chocado o mundo da moda e mudado as coisas para melhor", declarou Miriam Reston em entrevista ao tablóide britânico Mirror.

Miriam Reston disse que sua filha foi "vítima da indústria da moda, que diz às meninas que quando mais magras, melhor".

A própria Ana Carolina foi rejeitada em duas ocasiões porque não estaria suficientemente magra, contou a mãe, segundo o Mirror. Um cliente teria dito que a moça estava “obesa”.

Diferentemente de festivais de moda em Madri e Milão, a organização do evento na capital britânica não barrou a participação de mulheres que usam o chamado "size zero".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos