Bush vai pedir renovação do 'fast-track' ao Congresso

da BBC, em Londres

A Casa Branca informou nesta segunda-feira que o presidente americano, George W. Bush, vai pedir ao Congresso a renovação do Trade Promotion Authority (TPA), ou “fast-track”, mecanismo que permite que o Executivo negocie tratados comerciais internacionais sem necessidade de aprovação do Legislativo.

“O que o presidente quer é continuar com o Trade Promotion Authority; todo presidente o teve”, afirmou o porta-voz da Presidência, Tony Snow.

“É um importante mecanismo para estender o livre comércio e também permitir que negociadores ajam de forma eficiente.”

O fast-track – que é importante para acelerar os acordos comerciais dos Estados Unidos em diversos foros, desde negociações bilaterais às discussões multilaterais da Rodada de Doha – expira no dia 1º de julho deste ano.

Bush terá de discutir a questão com o Partido Democrata, de oposição, que possui a maioria no Congresso americano pela primeira vez desde que os republicanos voltaram ao poder, em 2000.

Segundo Tony Snow, Bush deve falar sobre o fast-track nos discursos que fará nesta semana em uma empresa no Estado de Illinois e em Wall Street, em Nova York.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos