Chávez ameaça democracia na AL, diz Negroponte

da BBC, em Londres

O recém-indicado vice-secretário de Defesa dos Estados Unidos, John Negroponte, disse nesta terça-feira que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, é ''ameaça à democracia'' de países da América Latina.

As declarações de Negroponte foram feitas durante a audiência para decidir sua confirmação para o cargo de vice-secretário no Comitê de Relações Exteriores do Senado.

Negroponte afirmou ainda que o líder venezuelano tenta ''exportar o seu modelo de populismo radical'' e que ''países como a Bolívia, entre outros, tem estado sob a influência de Chávez''.

Segundo o oficial americano, ''há uma certa frustração na América Latina, de que a democracia não está tendo os resultados esperados''.

E isso, de acordo com ele, tem contribuído para o surgimento de ''uma certa forma de populismo, claramamente simbolizado pelo senhor Chávez''.

Democracia

O virutal vice-secretário de Defesa disse que o presidente da Venezuela não tem sido uma ''força construtiva no hemisfério''.

Mas acrescentou que apesar do que julga ser uma influência maléfica de Chávez, ''a democracia latino-americana vai muito bem''.

O governo americano vinha mantendo uma ''política de silêncio'' em relação à Venezuela, mas tem feito críticas mais duras ao líder venezuelano nos últimos dias.

Especialmente após o anúncio feito por Chávez de que ele pretende nacionalizar empresas nos setores de telecomunicações e energia.

Pouco após o anúnicio, o porta-voz da Casa Branca, Tony Snow, afirmou que ''nacionalizações têm um longo histórico de fracasso em todo o mundo''.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos