Com boa aparência, Fidel reaparece com Chávez

da BBC, em Londres

O presidente cubano Fidel Castro e seu amigo venezuelano Hugo Chávez apareceram juntos em uma transmissão da televisão cubana na noite desta terça-feira.

A visita de Chávez a Fidel surpreendeu a todos, inclusive na Venezuela.

O presidente venezuelano chegou na tarde da segunda-feira à capital cubana.

No encontro com seu principal aliado no continente, Fidel aparentava melhor estado de saúde do que em sua última aparição, em 30 de outubro.

“Conversamos sobre vários temas. Fidel estava de bom humor, com bom rosto e muita clareza. Revisamos os temas do petróleo e energia e falamos sobre as ameaças do império contra o mundo (...) Fidel está completo, e que continue se recuperando”, disse Chávez à televisão cubana.

"Pátria ou morte"

Fidel Castro, de 80 anos, está afastado do governo de Cuba desde julho, quando se submeteu a uma cirurgia e entregou o controle do país temporariamente a seu irmão, Raúl Castro.

"Isso está longe de ser uma batalha perdida", disse Fidel em referência à sua recuperação.

“Há alguns dias eu disse que ainda não havíamos perdido essa batalha. Hoje posso dizer que estamos ganhando”, disse Chávez.

Os dois presidentes se reuniram durante duas horas e discutiram, entre outros temas, os acordos recém firmados entre Cuba e Venezuela, pelo vice-presidente cubano, Carlos Lage, e Hugo Chávez.

Na visita de Lage à Venezuela, há apenas cinco dias, Chávez mostrou uma carta assinada por Fidel, na qual indicava os novos acordos que deveriam ser firmados entre ambos países e criticava o que considera serem as políticas imperialistas.

“Pátria ou morte, venceremos!”, disseram em coro Chávez e Fidel ao final da transmissão.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos