Seminário para novatos da Câmara vira palanque eleitoral

da BBC, em Londres

O seminário promovido pela direção da Câmara dos Deputados para “aclimatar” os novatos e apresentar a estrutura da Casa teve a presença de apenas um terço dos 513 deputados eleitos para esta legislatura, mas serviu para que os três candidatos à presidência da Câmara distribuíssem tapas nas costas, beijinhos, santinhos e folhetos com suas promessas, caso sejam escolhidos para o cargo.

A dois dias da eleição, na quinta-feira, o atual presidente e candidato à reeleição, Aldo Rebelo (PC do B-SP), fez o discurso de abertura do evento, que acontece pela primeira vez e foi criticado porque poderia servir de promoção à sua candidatura.

Mas os outros dois candidatos, Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Gustavo Fruet (PSDB-PR), também circularam bastante, tanto no salão onde ocorreram as palestras quanto no almoço oferecido aos congressistas.

“Tenho a vida inteira para comer e só dois dias para fazer campanha”, disse Rebelo para justificar porque ainda não tinha se sentado, já ao fim do almoço.

Maluf

Disputando o cargo de primeiro-secretário, o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) distribuía santinhos lembrando que ele havia sido o relator da CPI dos Correios e conclamando os colegas a “juntos, recuperar o prestígio da Câmara”.

Também circularam neste primeiro dia de expediente político na Câmara políticos experientes, como o deputado Ciro Gomes (PSB-CE), Vicentinho (PT-SP) e Inocêncio de Oliveira (PL-PE).

Inocêncio fez uma das palestras e disse que os novos deputados não devem perder tempo tentando falar sobre tudo no plenário, mas tentar brilhar nas comissões. Uma das ausências mais notadas foi a do estilista e deputado Clodovil Hernandez (PTC-SP).

A deputada Manuela DŽAvila (PC do B-RS), 26 anos, batizada de “musa do Congresso” considerou o seminário “muito útil”. No primeiro dia na Câmara, ela já teve uma amostra do assédio que terá dos jornalistas e reclamou de discriminação por causa do título que recebeu.

“Eu não estou aqui porque sou bonitinha. Estou aqui porque sou política, militante desde os 16 anos”, afirmou. Antes de deputada, ela se elegeu vereadora por Porto Alegre, há dois anos, seu primeiro cargo eletivo. Na Câmara, disse que vai apresentar projetos ligados à educação.

Entre os políticos veteranos, o mais assediado no almoço foi o deputado Paulo Maluf (PP-SP). “Eu não faço parte dos novatos”, disse ele, explicando porque não participou do seminário.

“Já fui deputado (de 1983 a 1986) e conheço bem a Casa”, afirmou. Maluf não quis contar em quem vai votar para a presidência da Câmara. “O voto é secreto”, afirmou. Na saída, cumprimentou e elogiou “a elegância” do deputado Gustavo Fruet.

Assessores

Já o deputado Euder Xavier (PT-CE), acompanhava com atenção a palestra sobre o encaminhando de propostas. Ele disse que já leu o regimento interno várias vezes e que ainda assim aprendeu coisas novas no seminário, como a importância de contar com a ajuda de um parceiro no Senado para conseguir aprovar seus projetos.

“Esta é uma orientação básica, mas o mais importante é a escolha dos assessores”, disse. Para isso, ele diz que contou com a ajuda de políticos experientes de seu Estado, que o ajudaram a montar a equipe de quatro assessores em Brasília, um deles especialista em emendas e projetos.

Educador e sindicalista, ele diz que vai tentar na Comissão do Trabalho, “que é disputadíssima”.

Na última fileira do auditório, o deputado Eduardo Lopes (PSB-RJ) também acompanhou as palestras com atenção. Eleito pela primeira vez, ele disse que já havia participado, nas últimas semanas, de um curso particular para novos parlamentares em Brasília.

“Já aprendi como funciona o processo legislativo, como funcionam as comissões e o processo de urgência”, contou.

Já o deputado Valadares Filho, do PSB de Sergipe, é novato na Casa e tem apenas 26 anos, mas conta com a ajuda do pai, o senador Antonio Carlos Valadares.

“O encontro é útil, mas tenho que sair para uma reunião para a formação do meu gabinete”, disse ele, ao deixar o auditório antes do almoço.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos