Campanha contra 'furar filas' é lançada na China

da BBC, em Londres

As autoridades de Pequim lançaram neste domingo uma campanha para acabar com a prática de "furar filas", em preparação para as Olimpíadas que a cidade receberá em 2008.

Milhares de voluntários com faixas vermelhas e alto-falantes tomaram as ruas para convencer as pessoas a esperar ordeiramente em locais públicos, como pontos de ônibus e metrô, e passar uma boa imagem para os milhares de visitantes esperados.

A campanha, chamada de "É civilizado fazer fila, é glorioso ser educado" (em tradução livre), será realizada na capital chinesa no 11º dia de cada mês a partir de agora.

O governo chinês tem realizado diversas ações "educativas" para tentar garantir a boa receptividade às delegações esportivas e torcedores que tomarão a cidade no ano que vem.

Hábitos enraizados no comportamento local, como cuspir e jogar lixo no chão sem cerimônias, também estão sendo alvo de ações.

Cuspir no chão, por exemplo, poderá render a um chinês uma multa de 50 yuan (cerca de R$ 13), uma quantia correspondente a um dia de salário de um profissional de nível superior.

O diretor do Escritório de Assuntos Civis de Pequim, Zhang Huiguang, disse que "queremos aumentar a consciência dos cidadãos para o comportamento civilizado, e não apenas multá-los".

Autoridades chinesas também têm sido alertadas para que mantenham bom comportamento durante os jogos olímpicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos