Dieta aumenta desejo por chocolate, diz estudo

da BBC, em Londres

Uma dieta pode levar mulheres a um círculo vicioso de emoções negativas que, por sua vez, provoca o desejo por alimentos que estas mulheres estão tentando evitar - sendo que a vontade por chocolate é a mais forte de todas - segundo pesquisa da Universidade de Hertfordshire na Grã-Bretanha.

A nova pesquisa foi liderada por Karin Pine e pelo professor Ben Fletcher, na Escola de Psicologia da universidade.

O ensaio chamado How Visual Images of Chocolate Affect the Craving and Guilt of Female Dieters ("Como Imagens de Chocolate Afetam o Desejo e a Culpa de Mulheres em Dietas", em tradução livre), será publicado na revista Appetite em março.

"Uma comida-alvo ideal para uma pesquisa como esta é o chocolate, já que este é com freqüência o alvo de uma relação de amor e ódio", disse Pine.

"Enquanto é amado por seu sabor agradável, perfume e textura, o chocolate é, ao mesmo tempo, rejeitado por muitas pessoas por seu conteúdo de açúcar e caloria. Como resultado, algumas pessoas fazem um esforço consciente para restringir o consumo."

Imagens

O estudo descreve como os pesquisadores mostraram a 85 mulheres uma série de imagens atraentes comuns na mídia. As imagens podiam ser de chocolate e produtos não-alimentícios.

Dois terços do grupo estavam em uma dieta ou já tinham feito algum regime; 15% já tinham feito sete dietas ou mais.

Os pesquisadores então pediram às participantes que completassem um questionário - Atitude em Relação ao Chocolate.

Os resultados deste questionário revelaram que mulheres em dieta tinham sentimentos de culpa mais fortes a respeito de chocolate, comparadas às mulheres que não estavam em dieta.

Isto dá apoio à idéia de que mulheres em dieta sofrem mais com a culpa do que as que não estão em dieta. O que, por sua vez, leva a desejos mais fortes pelo alimento em questão.

"Neste estudo, avaliamos o desejo e a culpa e descobrimos que os resultados combinados eram diferentes em duas condições entre mulheres em dieta e as que não estavam, sugerindo que o efeito negativo e a culpa estão intimamente ligados", disse o professor Ben Fletcher.

"Então, a dieta parece fazer diferença na maneira com que as pessoas se sentem em relação à comida e, neste caso particular, em relação ao chocolate."

"Ao invés de ajudar as pessoas a se alimentarem de forma mais saudável e cortar produtos que são ruins para a saúde, o efeito negativo induzido pela dieta parece ter o efeito oposto, pois pode aumentar o desejo justamente pelas comidas que estão tentando evitar", afirmou.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos