Martina Hingis recorrerá contra doping, diz dirigente

A tenista suíça Martina Hingis vai recorrer contra o exame de doping, disse neste domingo o diretor do circuito de tênis feminino WTA, Larry Scott.

Hingis anunciou nesta semana que vai se aposentar do tênis, depois que um exame acusou doping da atleta. Hingis havia sinalizado que não ia recorrer contra o exame.

Em entrevista à BBC, o diretor Larry Scott disse que ouviu dos representantes da tenista que ela tentará comprovar que o exame está errado.

"Tudo que ela e seus representantes disseram para mim é que eles vão combatê-lo (o exame)", disse Scott.

Um exame de doping acusou que Hingis estava dopada com cocaína na partida contra Laura Granville pela terceira rodada do torneio de Wimbledon deste ano. Hingis perdeu a partida.

A atleta disse que é "100% inocente" e que uma contraprova feita a partir de um fio cabelo seu acusou negativo.

"Do que li no depoimento dela e da minha conversa com os representantes dela, eles estão montando um caso parcialmente baseado nisso", disse o dirigente à

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos